Notícias


1at

Academia Dão Petiz regressa às quintas e finaliza o ciclo da terra

Quinta e última atividade do primeiro ciclo da Academia realiza-se esta quarta-feira, 30 de março

A Academia Dão Petiz termina o seu primeiro ciclo educativo dedicado à vinha com uma última atividade de campo. Os mais pequenos regressam às quintas para efetuar um registo final do projeto, um ano depois de terem presenciado o nascimento dos primeiros rebentos.

No período da manhã, as Quintas da Turquide, Reis, Vinha Paz, Falorca e Lemos abrem portas para proporcionar às crianças mais uma experiência no mundo rural, junto de produtores e enólogos, onde estas terão oportunidade de testar as suas capacidades de repórter, agricultor e investigador. À tarde, o grupo de meninos e meninas retorna à Escola Superior Agrária para se dedicar a um programa de atividades temáticas. Aqui irão observar e aprender mais acerca do processo da poda, colocar “mãos à obra” e fazer sabão vínico, assim como outras atividades de laboratório.

A quinta e última atividade da Academia Dão Petiz completa assim o primeiro ciclo, que teve início a 25 de março de 2015, com uma primeira viagem pelas quintas para estudar os rebentos e a formação dos cachos. Seguiram-se mais três ações de campo: o estudo dos cachos formados, a 30 de junho, a tão aguardada vindima, a 17 de setembro, e a aprendizagem e observação do processo de vinificação, a 21 de dezembro.

A Academia é promovida pelas Escola Superior Agrária (ESAV) e Escola Superior de Educação de Viseu (ESEV), em parceria com o Município, tendo os alunos e professores de ambas as instituições como monitores das atividades.

No seu primeiro ano, o serviço educativo contou com a participação de dezenas de crianças, às quais foi proporcionada uma experiência em contexto real com o mundo rural, os ciclos da terra e os produtos que constituem a identidade da região de Viseu.